Ana Genezini comenta corte no repasse de recursos ao Programa Farmácia Popular

Proposta orçamentária da União para 2016 não prevê dotações para o Programa

Na 115ª Sessão Ordinária, realizada nessa segunda-feira, 05, a vereadora Ana Genezini (PTB) comentou o corte no repasse de recursos ao Programa Farmácia Popular, que permite a compra de medicamentos com descontos de até 90%.

Não acredito que a presidente Dilma Rousseff irá fechar a Farmácia Popular, prejudicando os nossos aposentados, que dependem, além da rede municipal, de medicamentos oriundos desse programa federal; essa situação é muito grave, a população de baixa renda depende de um salário mínimo para sobreviver e agora terá que gastar com medicamentos, porque o governo do PT tirou mais esse benefício dos brasileiros”, lamentou a vereadora.

De acordo com a proposta orçamentária encaminhada ao Congresso Nacional, não há previsão de dotações ao programa "Aqui tem Farmácia Popular" em 2016. O programa popular, criado em 2006, permite a compra de medicamentos com descontos de até 90%, mediante o credenciamento da rede privada de farmácias e drogarias comerciais, possibilitando a aquisição de medicamentos essenciais a baixo custo. 

Em 2014, o número de farmácias credenciadas chegou a 33.264, em todo país, que atenderam 4.345 Municípios.

Moção de Apelo


Ana Genezini, ainda encaminhou Moção de Apelo ao governo federal solicitando que não seja excluído do orçamento da União para 2016 as dotações destinadas ao programa “Aqui tem Farmácia Popular”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade