19.11.15

Ana Genezini comenta sobre a necessidade de construção de novas creches

As constantes filas de espera por vagas nas creches municipais foram lembradas por Ana Genezini (PTB) durante a 121ª Sessão Ordinária, realizada nessa segunda-feira, 16.

A parlamentar reforçou seus pedidos para a construção de novas unidades de ensino infantil, o que considera que deve ser uma das prioridades da administração municipal. “Me dói o coração quando uma mãe me procura e diz que está na fila de espera aguardando vaga de creche na rede municipal, é uma situação triste na qual como vereadora não posso fazer nada além de esperar e acompanhar o andar dessa fila, portanto, é preciso que novas unidades sejam construídas para atender essa demanda. Duas novas creches estão em fase de construção, uma no bairro Vida Nova III ,com área de construção projetada em 813m², e outra no Jardim Von Zuben, próximo a sede do projeto Clube da Criança, o que garantirá a abertura de novas vagas para o ano que vem”.

Ana Genezini também criticou o crescente aumento de mandados de segurança em busca da garantia de vagas, por acreditar que este não é o caminho correto, pois algumas poucas crianças são beneficiadas em detrimento da maioria, sendo certo que esse instrumento jurídico muitas vezes possibilita que crianças aguardando há menos tempo na fila de espera passem na frente de outras crianças que já aguardam há mais tempo pela oportunidade de vaga.


Não podemos através de mandado de segurança priorizar uma ou outra criança, no meu ponto de vista isso é um crime, não um trabalho social, pois as mães que aguardam seus filhos serem chamados à vaga, todas precisam igualmente, ou se faz para todas as crianças ou aguardamos o cumprimento da fila da espera. Há ainda que se considerar que a Lei de Diretrizes Básicas da Educação determina qual o número de crianças a permanecer em sala de aula, e o aumento de mandado de segurança, poderá acarretar por parte do Município o descumprimento dessa lei, podendo inclusive comprometer a qualidade de ensino”, concluiu a vereadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário