ASSOCIAÇÃO ITALIANA PROTOCOLA PEDIDO DE CONCESSÃO DO 'MUSEU DO IMIGRANTE'


Na última terça-feira, 19, a vereadora Ana Genezini se reuniu com diretores da AIVI (Associação Italiana Vinhedense) para protocolar, junto à Prefeitura de VINHEDO, o pedido de concessão do Memorial do Imigrante, situado ao lado do Portal da cidade. Tendo o longínquo histórico de trabalho em prol da sociedade vinhedense e respeito às raízes italianas do município, o presidente da Associação, Julliano Gasparini, apresentou aos vereadores e prefeito, no início deste mês, uma proposta verbal de concessão do espaço onde hoje se encontra o Memorial do Imigrante. “Nossa intenção é transferir a sede da associação para o Memorial, provendo a gestão, manutenção e administração do local, como forma de estimular o uso e aproximar nossas raízes culturais com a população de VINHEDO, através de eventos e exposições”, enalteceu Julliano. Para que isso possa acontecer, o presidente formalizou o pedido, com ofício e documentos da proposta, na Prefeitura de VINHEDO, endereçado ao Gabinete do prefeito Jaime Cruz. “A vereadora tem sido uma grande apoiadora deste projeto. Só temos a agradecer o seu empenho”, afirmou Gasparini, que ao lado do diretor Nilton Braghetto, protocolaram o pedido de concessão. A vereadora Ana, presente no ato de oficialização, disse que o plano de concessão é audacioso. "A Associação Italiana é centenária e tem toda nossa admiração, por preservar nossa história e nossa identidade cultural. A implantação desse projeto tem meu apoio porque devolve o real objetivo da criação do Museu, unificando as demais instituições da cidade de VINHEDO, como os Clubes Rocinhense e Santana e associações de produtores de uva e vinho, além da associação gastronômica. Também vai prover o Museu de eventos turísticos, como a festa das Nações na qual buscaremos reunir todas as descendências originárias no município, e ainda utilizar o local como ponto de exposição de frutas, vinhos e artesanato produzidos em nossa cidade. É um projeto fabuloso é que merece atenção especial", contou a vereadora. "Vamos aguardar, agora, as questões jurídicas deste processo, pois o prefeito Jaime Cruz já se posicionou a favor da concessão e apóia esta ideia. Estamos ansiosos para colocar tudo em prática", finalizou Gasparini

MISSA
No domingo, 10 de agosto, no Dia dos Pais, a AIVI (Associação Italiana Vinhedense) celebrou seus 112 anos de criação na Igreja São Sebastião, no Bairro Nova VINHEDO, com a presença de associados, convidados e autoridades. Na oportunidade, houve uma breve explanação sobre a história da instituição, pelo presidente Julliano Gasparini, e uma homenagem aos pais associados. Ao final, o padre Lima, pároco da comunidade, ‘presenteou’ a todos cantando uma tradicional música vocacional em italiano.

NOVOS ASSOCIADOS
Na oportunidade, foi anunciada a abertura da entidade para novos sócios, desde que sejam descendentes de italianos e que residam em VINHEDO ou LOUVEIRA. "A partir do final deste ano, e depois da alteração estatutária, estaremos abertos para receber novas famílias, um fato inédito, após 112 anos com as mesmas famílias fundadoras. Nunca houve inclusão de novos sócios que não fossem descendentes dos fundadores. Hoje, vimos a importância de expandir e trocar conhecimentos. Precismos aumentar 'nostra famiglia'", contou o presidente da AIVI.

HISTÓRIA
Os imigrantes italianos que chegaram a Vinhedo a partir de 1880, vindos principalmente de Napoli, Trieste, Veneza e Padova, repetiram o que fizeram os imigrantes que se dirigiram a outras regiões: agruparam-se em sociedades de ajuda mútua, pois agora viviam em um mundo novo e precisavam estar perto uns dos outros para resolverem seus problemas juntos. VINHEDO ainda se chamava Rocinha e pertencia à Jundiaí quando, em 25 de junho de 1902, surgiria a Società Italiana di Mutuo Soccorso Regina Margherita, organizada com base em estatuto trazido da Itália. O objetivo, por força estatutária, era prestar benefícios, como assistência médica, oferecer remédios e toda ajuda possível aos imigrantes com menos sorte, principalmente aos que estavam desempregados.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade