Tarifa social em conta de água, há muito proposta por Ana Genezini, está em estudo pela Sanebavi

Tarifa social, caso implantada, diminuirá conta de água das famílias de baixa renda
Na semana passada a Sanebavi, autarquia responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto em Vinhedo, apresentou à Agência Reguladora de Serviços de Saneamento das Bacias do Rio Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES-PCJ) o estudo para implantação da Tarifa Social de Água, um benefício voltado às famílias de baixa renda.
A tarifa social atende a uma solicitação antiga da vereadora Ana Genezini, que já em 2009 apresentou minuta de projeto à Prefeitura por meio da indicação nº 845/2009, em que propunha a concessão de isenção total ou parcial da tarifa de água a famílias de baixa renda e entidades com fins filantrópicos.
A indicação foi reiterada também na atual Legislatura, por meio da indicação nº 167/2017.
A ARES-PCJ já emitiu parecer favorável aos estudos da Sanebavi e se comprometeu em até novembro informar a autarquia vinhedense dos ajustes necessários para devida implantação da tarifa social já em 2018.
A diretrizes para implantação da tarifa social foram definidas com base em levantamento de dados do CadÚnico, fornecido pela Secretaria de Assistência Social. Aproximadamente 1.200 famílias vinhedenses deverão se beneficiar com a nova política de descontos da Sanebavi. Para fazer jus à tarifa social, a família deve ter renda per capta de até meio salário mínimo ou renda total de até três salários mínimos, além de outros critérios sociais que ainda estão sendo definidos.


“Finalmente a Sanebavi ouviu nossos pedidos e tirou do papel o projeto da tarifa social. Essa medida é fundamental para que possamos garantir o abastecimento de água à famílias de baixa renda, que atualmente sofrem muito para conseguir manter o fornecimento do insumo para suas casas sem prejudicar seu orçamento doméstico”, explicou Ana Genezini. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade