19.6.13

Acessibilidade é tema de indicações de Ana Genezini



Além da temática, vereadora abordou a demarcação de vagas no estacionamento do CIS São Matheus

A vereadora Ana Genezini (PTB) apresentou três indicações na 20º sessão ordinária, realizada nessa segunda-feira (17), das quais duas tratam de melhorias à acessibilidade de cadeirantes a espaços municipais.

Por meio de minuta, a 1ª secretária da Câmara propõe ao Poder Executivo o encaminhamento de Projeto de Lei que delimita locais específicos, reservados exclusivamente aos cadeirantes, nos Estádios e Ginásios Esportivos do município. Uma das exigências da minuta é que tais locais demarcados ofereçam boa visibilidade ao campo ou quadra e seja de fácil acesso via cadeira de roda.

A segunda indicação sobre o tema vai além, solicita a instalação de equipamentos adaptados para cadeirantes nas academias ao ar livre, espaço público existente em diferentes bairros dedicado à prática de exercícios físicos.

“As proposituras buscam o respeito ao exercício da cidadania, todo munícipe tem direito ao lazer e esporte, e para tanto, é preciso que a municipalidade ofereça condições para que tais necessidades sejam supridas”, afirmou Ana Genezini.


Estacionamento CIS São Matheus


Uma terceira indicação que entrou no expediente da 20ª sessão foi a de nº 1401/2013, que pede à municipalidade a delimitação de vagas no estacionamento do CIS São Matheus.

O estacionamento em questão atende não só aos usuários e funcionários do CIS como também aos prédios do Quero Vida e do Centro Aquático e de Lazer da 3ª Idade, edificações vizinhas à unidade de saúde.

A delimitação das vagas seria feita de forma simples, com a pintura do solo. “Essa é uma forma de organizar o estacionamento, buscando disponibilizar mais vagas no local, orientação aos motoristas na hora de parar e estacionar, dada a grande quantidade de pessoas e veículos que durante todo o dia circulam pelo local. A ideia é aumentar o número de vagas para atender em especial aos pacientes do centro de saúde com dificuldade de locomoção e que precisam ser transportados até a porta de entrada da unidade, a falta de vagas no estacionamento dificulta o acesso de veículos, prejudicando os usuários da rede”, justificou a vereadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário