Ana Genezini encaminha minuta de projeto à Prefeitura para inclusão do símbolo do autista em placas de atendimento preferencial


Minuta de projeto foi encaminhada na forma de Moção de Apelo
A Câmara de Vinhedo aprovou nessa segunda-feira, 03, a Moção de Apelo nº 01/2020, de autoria da vereadora Ana Genezini (MDB), que solicita à Prefeitura a elaboração e encaminhamento ao Legislativo de projeto de Lei tornando obrigatória a inclusão do símbolo mundial da conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) em placas de atendimento preferencial em estabelecimentos públicos e privados.
O pedido tem como base a Lei Federal nº 16.756, que institui a obrigação da inclusão do símbolo em nível nacional, porém carece de regulamentação em nosso município.
O símbolo é uma fita montada por um quebra cabeça, que representa a complexidade do autismo e seus diferentes espectros que se encaixam formando o TEA. É usado para simbolizar a ideia de que pessoas autistas são difíceis de compreender, como um quebra-cabeça, e que a “cura” para o autismo é a peça que falta. A fita de conscientização, por sua vez, que também é utilizada por outras causas, mas em cores diferentes, é permeada de simbologia.

A fita do quebra-cabeça foi adotada em 1999 como o sinal universal da consciência do autismo. Além de trazer o quebra cabeça, suas peças são em cores diferentes, e isso representa a diversidade de pessoas e famílias que convivem com o transtorno. As cores fortes representam a esperança em relação aos tratamentos e à conscientização da sociedade em geral. É usada para identificar locais onde pessoas com TEA são bem-vindas.

Esse é um pedido simples, mas de grande importância para a luta diária por inclusão. A adoção de novas placas para atendimento preferencial, com a inclusão do símbolo do autista, demonstrará o cuidado e respeito da municipalidade com as pessoas com TEA e seus familiares”, destacou a vereadora Ana Genezini (MDB).



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade