Ana Genezini reitera pedido por bibliotecas em bairros do município



Dentre os trabalhos apresentados pela vereadora Ana Genezini (PTB) no expediente da 165ª Sessão Ordinária, realizada nessa terça-feira, 27, a educação foi o tema mais abordado. Três reiterações foram encaminhadas ao poder executivo, cada uma propondo a implantação de um novo programa educacional e cultural no município. Por meio da indicação nº 210/2012, que propõe a implantação do programa “ O Olho do Saber”, Ana Genezini pretende estimular a prática da leitura e difundir a cultura brasileira e universal entre os vinhedenses. A propositura sugere que a Prefeitura instale bibliotecas em regiões, como por exemplo:- Região da Nova Vinhedo, Três Irmãos, Vila João XXIII e Capela, em locais estratégicos buscando atender todos os bairros do município e que possam satisfazer a demanda existente, para livre acesso da população.
Intituladas como “O Olho do Saber”, as bibliotecas conteriam obras de literatura infantil e juvenil, da cultura brasileira e universal, periódicos, mapas, monografias, teses e dissertações, além de computadores para acesso livre à internet. Os munícipes realizariam um cadastro para utilização dos computadores disponíveis nas bibliotecas, com limite de uma hora, sendo possível agendar previamente o horário da visita à unidade para utilização do equipamento. “Em Curitiba já existe projeto semelhante, intitulado ‘Farol do Saber’, no qual as bibliotecas dos bairros servem como uma espécie de portal das escolas municipais, que eventualmente realizam aulas lá como uma maneira de oferecer ao aluno leituras mais completas, que vão além das apostilas do ensino regular; esse trabalho também pode ser realizado em Vinhedo com a implantação do programa ‘O Olho do Saber’”.
A segunda indicação reiterada na noite, de nº 256/2012, enfoca na capacitação do aluno da rede pública em áreas tecnológicas, por meio da implantação do projeto “Aluno Monitor”. A indicação foi elaborada baseada em um trabalho que já é realizado na cidade de Campo Limpo Paulista, e que foi apresentado ao prefeito Milton Serafim pela própria vereadora Genezini, ainda em 2009, no primeiro ano da atual legislatura. Em Campo Limpo Paulista, o projeto “Aluno Monitor” é realizado com o respaldo da Microsoft e tem o objetivo de capacitar jovens com certificação profissional em diversas áreas de tecnologia, ou apenas promover a inclusão digital de alunos do Ensino Fundamental. Em Vinhedo, o projeto deverá seguir os mesmos moldes da cidade vizinha, adaptando-se a realidade das escolas que receberão os centros de capacitação.
Por fim, através da reiteração da indicação nº 337/2011, a parlamentar solicita a inclusão das turmas do curso de capacitação da AVEHA no “Projeto Escola”, desenvolvido pela Sanebavi em parceria com a secretaria municipal de Educação. O “Projeto Escola” é um programa municipal realizado com os estudantes da rede pública que difunde a importância da preservação do meio ambiente e o aprendizado dos processos de tratamento de água e esgoto, além de dicas de economia de água.
O acesso à educação e à cultura é um direito de todo cidadão, e Vinhedo precisa sempre buscar oferecer as melhores condições para seus moradores, por isso, a implantação desses programas seria de fundamental importância para o desenvolvimento do município e da cidadania”, finalizou Ana Genezini

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade