24.8.15

Vereadora Ana Genezini faz discurso emocionado em homenagem ao artista e gestor cultural Edilson Caldeira

Homenagem aconteceu durante inauguração do  Centro de Exposições e Galeria de Artes “Edilson Caldeira”, denominado conforme Projeto de Lei de autoria da parlamentar
A vereadora Ana Genezini (PTB) participou, na última quarta-feira (19), da inauguração do Centro de Exposições e Galeria de Artes “Edilson Caldeira”, área de 480m² localizada no andar inferior do Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus denominada conforme Projeto de Lei 30/2015 de autoria da parlamentar.
O Centro de Exposições e Galeria de Artes “Edilson Caldeira” foi inaugurado com a edição 2015 do tradicional Salão de Artes Visuais de Vinhedo – SAV, que reúne 187 obras de diversas vertentes, sendo 79 pinturas, 16 esculturas, 14 gravuras, 25 fotografias, 17 desenhos e 13 instalações.
Ao lado do prefeito Jaime Cruz e do secretário de Cultura e Turismo, Wagner Pavarin durante a cerimônia de abertura do Centro de Exposição, a vereadora Ana Genezini agradeceu novamente a todos os vereadores pela aprovação, por unanimidade, do Projeto de Lei que denominou o Centro de Exposições e Galeria de Artes “Edilson Caldeira” e citou uma frase de Charles Chaplin abrindo seu discurso: “Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra; cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha, e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso.”

É assim que escolhi, nesta noite, homenagear nosso amigo Edilson Caldeira. Desde que aqui chegou e durante toda sua permanência junto de nós, ele cativou uma multidão de amigos; construiu um legado no quesito cultura em nossa cidade e hoje faz parte da história. De uma história de vida, uma história de amor, de amor à arte, a cultura e de amor à própria vida, pois lutou incansavelmente para derrotar a doença que ceifou sua vida tão cedo. Para se fazer aquilo que gostamos não basta apenas comprometimento, é preciso amor. Amor nunca lhe faltou. Para se transformar sonho em realidade, é preciso mais que comprometimento - é preciso amor. E há muito amor neste lugar, aquele amor que une e move pessoas em torno de um ideal, de um bem comum. Este espaço foi criado através da dedicação, do trabalho incansável, da doação do tempo, do amor por aquilo que se faz e o resultado não poderia ser diferente: neste Centro de Exposição e Galeria de Artes ´Edilson Caldeira´, sentiremos sempre sua presença, a energia positiva que Edilson dividia conosco. Ele sempre será lembrado em nossos corações por todo amor que dedicou a tudo que fazia e também às pessoas com quem convivia. Esta é nossa simples homenagem. Edilson não nos deixou só, levou um pouquinho de nós e deixou um pouco de si”, discursou emociada a vereadora Ana Genezini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário