Rubens Nunes e Ana Genezini avaliam situação das represas e pedem alternativas para o abastecimento de água


Período de estiagem tem causado problemas no abastecimento da cidade

Ao longo da semana, o presidente da Câmara Rubens Nunes (PR) e a 1ª secretária Ana Genezini (PTB) visitaram as represas municipais para analisar a situação dos reservatórios e reforçar os pedidos à Prefeitura para a implantação de novo pontos de captação e até mesmo estudos para a construção da Represa IV.

As constantes queixas da população referente à falta de água, especialmente na região da Capela, motivou a visita dos vereadores às Represas I, II e III, que devido ao período sem chuvas estão com menos da metade da sua capacidade. A seca das últimas semanas tem causado problemas no abastecimento de inúmeros municípios da região, em alguns casos fazendo-se necessárias ações de racionamento.

“O período de estiagem sempre afetará o abastecimento, é impossível manter o nível dos reservatórios quando se tem um longo período de estiagem; apesar dessa limitação natural, com a implantação de novos pontos de captação, construção de reservatórios e a conscientização da população em relação ao uso racional da água, é possível melhorar a autossuficiência do município”, afirmaram os vereadores.


Ações da Prefeitura


Melhorar o abastecimento de água no município já está na pauta da Prefeitura há algum tempo. Neste ano, a Sanebavi, autarquia municipal responsável por esse serviço, através do programa PAC 2, do governo federal,  e do Fundo Estadual de Recursos Hiídricos (FEHIDRO),  receberá cerca de 30 milhões de reais para serem aplicados exclusivamente no abastecimento de água e esgotamento sanitário.

A autarquia prevê aplicar os recursos para a expansão da rede coletora para o Distrito Industrial; a construção de estações elevatórias e emissários de esgoto para os bairros Altos do Morumbi, Colinas de San Diego, Vila Fontaine e São Joaquim; a ampliação da estação de tratamento de água do Jardim Santa Cândida (ETA 2); a expansão da rede de distribuição em uma extensão de 8.121,43 metros para o Distrito Industrial que será atendido pela ETA 3; a implantação da operação caça vazamento em toda a cidade e a substituição da rede de água na Nova Vinhedo em uma extensão de 6.174 metros, diminuindo as perdas de água tratada ocasionados por vazamentos e melhorando a distribuição de água para a população.

Além das melhorias que serão realizadas graças ao repasse federal e estadual, a municipalidade ainda projeta a construção de um reservatório na estrada da Boiada com estrutura metálica e capacidade para dois milhões de litros; a realização de estudos geológicos para perfuração de poços artesianos para abastecer a região da Capela e a implantação de uma rede de distribuição de água na estrada da Capela a partir do bairro da Casa Verde, com o fornecimento de água pela ETA 3, em construção no São Joaquim.

Desde 2009 a Prefeitura e a Sanebavi tem realizado importantes trabalhos para melhorar o abastecimento da cidade e o tratamento de esgoto; o novo cronograma de obras para o setor demonstra a preocupação da atual administração em sanar os problemas de falta de água em períodos de estiagem e diminuir o desperdício, preservando os nossos recursos hídricos”, enalteceram os vereadores.

Rubens Nunes e Ana Genezini são autores de diversas Indicações que abordam o aprimoramento do abastecimento. Ainda em outubro desse ano a Prefeitura realizou o trabalho de desassoreamento da Represa I, em atendimento a uma solicitação do presidente da Câmara. Para os parlamentares, através do trabalho conjunto entre o Poder Executivo, Legislativo e a população, é possível uma abordagem resolutiva para a questão da oferta de água no município.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade