Vereadores participam de Prestação de Contas da Secretaria de Saúde



Na manhã desta quinta-feira, 31, a Câmara de Vinhedo sediou mais uma Audiência Pública da Saúde, desta vez, para debater a prestação de contas e produção da rede referente ao 1º Quadrimestre de 2012. Mais de quarenta pessoas acompanharam a apresentação, entre representantes do Conselho Municipal, integrantes da Santa Casa e demais público presente.

Participaram das explanações o presidente da Câmara Adriano Corazzari (PSB), os membros da Comissão de Saúde do Legislativo: Márcio Melle (PSB), Cidinho Fróis (PSD) e Rubens Nunes (PR), além dos vereadores Ana Genezini (PTB), Júnior Vendemiatti (PPS) e Donizete Lopes (PTB).

Na ocasião a secretária de Saúde Nádia Capovilla, acompanhada da diretora Regina Ligo e equipe, apresentaram um relatório preciso e transparente sobre a produção da rede assistencial neste período, destacando as demandas de cada unidade de saúde, tempo de espera médio por especialidade, novos programas, entre outras especificidades da pasta em mais de duas horas de audiência.

Entre os dados apresentados, ressalta-se o número de atendimentos médicos realizados nos primeiros quatro meses do ano: 84.702; o número de procedimentos realizados no Pronto-Socorro e Ambulatório da Santa Casa, aproximadamente 11,5 mil; o número de exames laboratoriais 104 mil e o número de receitas médicas atendidas: cerca de 75 mil.

Além desses números chamou atenção dos vereadores o número de usuários cadastrados pelo Cartão Saúde de Vinhedo que ultrapassam 76 mil, sendo que a população do município é de cerca de 63 mil habitantes. “A demanda cresceu muito do ano passado pra cá e só vamos conhecer exatamente o número de usuários cadastrados no município, que fazem uso dos serviços de saúde, após a finalização do cadastramento. Mas já inicialmente sabemos que é superior ao número divulgado pelo IBGE”, esclareceu a secretária.

Em número de funcionários a rede municipal de saúde conta com 507 profissionais que representam a maior despesa fixa, cerca de R$ 10 milhões. Totalizando as despesas com folha de pagamento, obras, programas e serviços o valor gasto até o momento foi de R$ 19.950.746,88, ou seja, 35% do orçamento previsto para 2012 que foi estimado em R$ 56.622.700,00. Este valor representa 20,05% do Orçamento Municipal, 5% a mais que o mínimo exigido por lei.

De acordo com a secretária, no entanto, o percentual de investimento executado em Saúde deve ser maior que este, devendo chegar entre 23 a 25% até o final do ano, sendo que quase sua totalidade, 90,88%, refere-se a valores executados com o tesouro municipal.


UPA e Santa Casa

Os vereadores questionaram ainda a secretária sobre a finalidade da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas que deverá ser entregue nos próximos dias, bem como, sua relação direta com a Santa Casa.

Esse debate, segundo Nádia, foi muito estudado pela secretaria antecipadamente para que as ocorrências em urgência e emergência não sofressem um acréscimo acelerado, já que muitos pacientes deixariam de ir às unidades básicas de saúde para fazer o preventivo e o diagnóstico. No entanto, eles chegaram à conclusão de que a UPA deve assumir o papel do Pronto-Socorro Municipal, tanto que ela está sendo preparada para isso.

O PS da Santa Casa por sua vez, se tornaria um Pronto-Socorro de referência, sendo mais utilizado para UTI e Cirurgias. “Todo serviço de resgate municipal levaria o paciente até a UPA, lá o paciente é estabilizado e aí sim encaminhado até a Santa Casa se necessário, no caso de uma cirurgia ou Unidade de Terapia Intensiva. Desta forma, desafogamos a demanda do hospital. Este é um custo a mais que o município está arcando, que custará cerca de R$ 500 mil ao mês”.

No final da explanação todos os vereadores que acompanharam a audiência elogiaram o detalhamento das despesas e o trabalho que vem sendo desempenhado por ela em prol da saúde do município. “Gostaríamos que este modelo de explanação fosse seguido pela Santa Casa de Vinhedo para que pudéssemos entender qual é o custo do hospital, ou quanto custa um paciente SUS ao município. Só assim poderemos ajuda-la”, reforçaram.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade