Presidente da Comissão de Saúde e grupo de vereadores visitam hospital modelo em São Paulo

Unidade pode ser usada como referência para o atendimento hospitalar em Vinhedo

Durante a semana o presidente da Comissão de Saúde, vereador Alexandre Viola (PPS), e os também parlamentares Márcio Melle (PSB) e Ana Genezini (PTB) visitaram um hospital em São Paulo, prestes a ser inaugurado e que servirá como uma das referências para o atendimento hospitalar do vinhedense, uma das principais necessidades da nossa cidade.

Uma equipe da Secretaria de Saúde, com a presença da secretária Nádia Capovilla, da diretora Regina Ligo e de Miguel Wauleriano, presidente do Conselho Municipal de Saúde, também estive no local, onde puderam ter um diálogo técnico com o diretor e o superintendente do hospital paulistano.

Considerado de grande porte, o Hospital visitado, já o quinto por Alexandre Viola, utiliza muitas armações com vidro na fachada para aproveitar a luz solar, diminuindo os gastos com energia elétrica. A entrada da instalação também chamou atenção da comitiva vinhedense, já que todo acesso no pavilhão principal é feito por uma única portaria, facilitando o controle. A segunda entrada do hospital fica no piso inferior, também sendo a única para o andar.

No subsolo funcionam o Centro de Diagnósticos e áreas técnicas do Hospital, além do estacionamento para médicos e funcionários, que contém 30 das 150 vagas totais existentes no prédio. O estacionamento dá acesso direto à recepção especial para clientes. Por meio de um sistema informatizado, o paciente sabe em qual processo ele está no momento, podendo acompanhar cada etapa do atendimento.

Tubos pneumáticos instalados em todo o prédio permitem a circulação de medicamentos. Nove pontos para retirada dos medicamentos estão instalados em locais estratégicos do hospital, e, para que não haja erro, as cápsulas em que ficam armazenadas os remédios são chipadas para rastreamento, possibilitando que se corrija a rota caso a cápsula desvie de seu caminho acidentalmente. “Esse sistema de circulação dos medicamentos acaba com o tráfego desnecessário de funcionários fazendo essa função, isso desobstrui as passagens do hospital facilitando o atendimento de emergências e permite que os profissionais se ocupem com outras atividades essenciais”, explicou o superintendente do hospital.

Por estar localizado em um bairro populoso e próximo ao Aeroporto de Congonhas, todo o prédio possui isolamento acústico, preservando o paciente. No primeiro pavimento ficam instaladas as salas cirúrgicas e os quartos para internação, que apresentam alto padrão de qualidade. O hospital é um dos poucos do país que possuem tomógrafo móvel.


Visitamos um hospital do mais alto nível que, obviamente, supre as necessidades da nossa população, porém, a organização e a edificação planejada pensando no melhor atendimento devem ser tomadas como base para o projeto do futuro atendimento hospitalar do vinhedense; a presença da Secretaria de Saúde foi fundamental para que déssemos um passo a mais nesse trabalho, membros do Conselho Municipal assim como profissionais da rede pública puderam esclarecer diversas dúvidas e já visualizar a aplicação em Vinhedo do que nos foi apresentado”, explicaram os vereadores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

De autoria da Vereadora Ana Genezini projeto nominando o "Centro de Exposições e Galeria de Artes Edilson Caldeira" foi aprovado por unanimidade

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes