Ana Genezini propõe modificações na forma de cobrança da taxa de lixo a entidades religiosas e assistenciais

A vereadora Ana Genezini (PTB) entrou com indicação no expediente da 92° Sessão Ordinária sugerindo uma modificação no critério usado para calcular a taxa da coleta de lixo de entidades religiosas e assistenciais.
A 1° secretária entende que tais estabelecimentos produzem uma quantidade mínima de lixo e a cobrança do valor da referida taxa é feita baseada na área de construção do imóvel. “Esse critério encarece sobremaneira o valor da taxa de lixo, haja vista que a cobrança é contraditória, vez que a quantidade de dejetos produzida é bem inferior, quase mínima, diante do valor cobrado”, justifica-se.
Além deste critério a vereadora reforçou o papel social que essas entidades têm para o município, desenvolvendo programas humanitários e de caráter assistencial, o que deveria ser levado em conta pelo Poder Público, podendo ser revertido em benefícios a estes órgãos. “O Prefeito Milton Serafim publicou o maior Pacote de Justiça Fiscal e Social em nosso Município, essa medida com certeza viria complementar essa ação e possibilitar que as entidades religiosas e assistenciais paguem somente pelo lixo que produzem sem exagero no valor cobrado ou ainda sejam totalmente isentas deste pagamento”, finalizou Ana Genezini.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade