Ana Genezini solicita abertura de novas turmas do EJA

A vereadora Ana Genezini (PTB) recebeu nesta semana um ofício do secretário de Educação Jaime Cruz em resposta as suas solicitações sobre a necessidade de implantar novas turmas do EJA (Educação de Jovens e Adultos) nas escolas municipais Integração (região central) e André Franco Montoro (região Capela).
Segundo pedido feito pela parlamentar – também em forma de ofício - há uma grande procura na cidade de pessoas que desejam retomar os estudos, o que para a vereadora “é motivo de orgulho, já que o povo vinhedense quer se aperfeiçoar, estudar, progredir” e para isso novas turmas deveriam ser abertas, sobretudo, nestes locais indicados.
No entanto, de acordo com o ofício recebido pela vereadora, a formação de novas turmas deve seguir os critérios estipulados na Deliberação CEE nº 82/2009 que estipula o cumprimento de uma carga horária mínina. Por isso, todos os cursos correspondentes aos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) devem atender no mínimo 24 meses de integralização com 1.600 horas de efetivo trabalho escolar e idade de 16 anos completos para o início do curso, enquanto que os cursos correspondentes aos três anos do Ensino Médio devem atender no mínimo 18 meses de integralização, 1.200 horas de trabalho, e idade inicial de 18 anos.
Já quanto aos critérios de ingresso e permanência, Jaime Cruz informou que os alunos devem comparecer a 100 dias letivos no primeiro semestre e pelo menos 75% de frequência no segundo, com um desempenho na média igual ou superior a 5,0 para serem promovidos.
O ofício traz ainda as medidas adotadas pela Secretaria de Educação a respeito do curso, como a ampliação da carga horária nas séries iniciais para reforçar os conceitos básicos, essenciais as demais séries, e o desmembramento de sala de alfabetização no Centro Municipal de Ensino supletivo Fundamental e Médio de Vinhedo.
O secretário ainda informou à vereadora que as unidades escolares já estão atendendo com capacidade máxima de salas de aulas e número de alunos frequentes, o que inviabilizaria a formação de uma nova turma neste ano, além do fato de que muitos, não confirmaram sua matrícula, embora tenham realizado a inscrição. Fatores externos como: mudança de turno do trabalho, residência em outro município, telefone desatualizado, inviabilizaram a criação de mais turmas. Sobre a abertura de nova unidade escolar, o secretário informou que será necessária a contratação de uma equipe gestora, já que o concurso público anterior perdeu a validade em janeiro deste ano.
Para a vereadora Ana Genezini a resposta do secretário foi muito esclarecedora e com esses dados em mãos, é possível, começar a trabalhar desde já para que seja possível a partir de 2012 a abertura de novas turmas. “O EJA é uma grande oportunidade de progressão aos vinhedenses que não tiveram chance de estudar. O município dispõe de uma ótima estrutura para atender esse segmento, demandando novos estudos a partir do ano que vem, para que mais pessoas possam realizar os cursos e alcançar seus sonhos”, explicou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conselho de Usuários da TIM Região Sudeste

Ana Genezini pede flexibilização para abertura do comércio e apoio para famílias carentes

Ana Genezini sugere instalação de bebedouros em diferentes pontos da cidade